UA-134813667-2
Buscar
  • Sonora Centro Auditivo

Escuto, mas não entendo!



Essa é uma queixa bem comum de quem sofre de perda auditiva não diagnosticada/reabilitada.⁣⁣

Essa sensação de "escutar e não entender," se dá porque você pode sentir perda acentuada de alguns sons, como os sons das consoantes das palavras e também dos sons mais agudos, então você acaba ouvindo somente parte das palavras, logo não compreende o que foi dito.⁣⁣


A fala é composta pelos sons das vogais (a, e, i, o, u) e das consoantes (s, ss, f, ch, c, t, v…). As vogais têm sons de frequência mais grave e volume mais alto, enquanto as consoantes tendem a ter frequências mais altas e volumes mais baixos, especialmente em vozes femininas e muito finas. E grande parte das perdas auditivas costumam causar uma perda mais séria nos sons agudos (os das consoantes) do que nos graves.

Uma perda auditiva nos agudos, a pessoa acaba ouvindo as palavras apenas em parte, ouvindo mais as vogais e menos as consoantes.


Para exemplificar: na palavra dita “FACA” a pessoa conforme sua perda auditiva, talvez somente consiga ouvir “ACA” e o significado se perde entre “VACA”, “TAPA”, “FAÇA”…


Uma perda auditiva pequena pode fazer perder apenas uma letra, mas aí se corre o risco de perder a palavra, a frase e, por fim, o sentido. Assim o “ouvir, mas não entender” surge do que não se ouviu, sendo, portanto, sinal de algum grau de surdez.


São sinais de uma possível perda de audição: conseguir ouvir, mas não entender, dificuldade de ouvir em restaurantes ou outros ambientes ruidosos, pedir com frequência para as pessoas repetirem o que disseram, depender de olhar para as pessoas para entender o que dizem, aumentar com frequência o volume da TV, achar que todo mundo sussurra ou “fala para dentro”.


Se você sente dificuldade para entender o que é falado, procure um médico otorrino e fonoaudiólogo para uma avaliação auditiva.

Os diferentes graus de perda auditiva

Entre “ouvir bem” e “não ouvir nada” há diversos graus diferentes de perda auditiva. Especialistas diferenciam perda auditiva leve, moderada, severa e profunda.


Audiograma e sons da fala

A figura abaixo mostra um audiograma que mostra o que o ser humano escuta em cada nível de audição.

A área em cinza é denominada "banana da fala"

é nesta faixa onde a voz humana é escutada.


Podemos encontrar perda auditiva de grau leve, moderado, severo ou profundo. No entanto, é importante saber que não só o grau da perda interfere na compreensão de fala, mas também a configuração da curva audiométrica.


Se você sente dificuldade para entender o que é falado,

procure um médico otorrino e fonoaudiólogo,

para realizar uma avaliação auditiva.


A audiometria é um exame realizado por fonoaudiólogos, tem por objetivo avaliar o mínimo que o paciente escuta. Dividido em 2 partes, esse exame pode identificar a presença de perda auditiva e orientar médicos e fonoaudiólogos quanto aos processos de intervenção. Na audiometria vocal podemos avaliar o desempenho do paciente para reconhecer sons da fala, em ambiente controlado, ou seja, em condições ideais. Pode ser usada também como parâmetro para acompanhamento qualitativo da audição do paciente. Na audiometria tonal podemos saber se o paciente ouve a mesma quantidade nas duas orelhas, se escuta melhor sons graves (grossos) ou agudos (finos) e dessa forma planejar a adaptação do aparelho auditivo, quando houver indicação.


Sonora Centro Auditivo:⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣

(71) 3264-8310⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣

📱(71) 98108-9117 Whatsapp⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣

📍Rua Recife, 20, Barra - Salvador.⁣⁣⁣⁣⁣⁣⁣

Instagram: @sonoracentroauditivo

Face: /sonoracentroauditivo


100 visualizações

Rua Recife, 20 | Barra  Salvador - Bahia

Telefone 71 3264-8310 | 71 9.8108-9117

cc64ddba38ad486eba73bef1c453fc45.png
icon-whatsapp-material-design-512.png
  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon